Postagens

Mostrando postagens de Março, 2010

E ELE HÁ

O dono da lotérica que é maneta e distraído,
o velho hippie que vende livros infantis,
o cara bonito do mercado que usa brinco de argola,
queria eu um dia ser para alguém na rua
o que hoje essas pessoas são. Para mim.
Que Deus queira.

, lrp.
sons agradáveis para cenas vistas
o corpo não sobrevive a morte vira memória alheia e modelo de si; por que justo você, poeta, Quer explicar a cidade?
A maquete está morta, alguém picha um fantasma em lençol, mendigo algum usa shorts, todo pai de família quando fica velho exibe em casa sua bunda de cadáver.