Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2011

okaerinasai zona sul

sempre passo por debaixo da sua casa o trânsito na avenida Jabaquara é impossível e, afinal, o metrô está mais barato do que o ônibus (São Paulo não faz sentido de qualquer lado do rio)
você voltou do japão e ainda nem nos vimos, Dri, amigos em comum me disseram que você anda ocupada, que já arranjou um emprego e que tem se dedicado muito
além das suas noitadas que me fogem à vista feito faróis,
somos vizinhos, poxa, me deixa crer, de Marsilac se vê São Vicente numa manhã de céu aberto, tão rara nestes dias frios que tem sido Maio (o inverno
nesta cidade maldita é uma maquiagem de lábios deslocada à esquerda, este ano não será nem Junho, é agora, agora):
E se escrevo seu nome em katakana por puro treino, fico ainda mais triste; desculpa, acho que não ando bem.
, lrp. 15may11 às 19h08.
santos propensos
a um leve desespero
fazem bobagem por um teco de perna adolescente, dois gatos
não somam catorze.
ponta arquipélago vulcão praia magma lava Jorge laranja de China narear
secular em torno o cerne é oco o eco é (sagrado no ouvido dourado rouco de tanto ouvir palavra de prata), cobre
o tudo o nada , Quando cais.