plantações de trigo
decoram o maior pinheiro do mundo
crianças incendeiam joio
e jacarés se empilham hipnotizados
pela canção do olho do sol
que fala de um céu feito mar
azul cheio de cardumes de carne branca
É a contagem regressiva para o natal
que nos cega ao movimento dos répteis
rumo à luz que chamamos de folhagem
enquanto é verde até que o outono chegue
e a jovem encontre semente entre seus pêlos.
É este o mito chamado vida
de vidas surgirem do que está morto.

Comentários

O Autor. disse…
Não sei se "natal" cai bem aqui... Mas adorei esse verso: "e a jovem encontre semente entre seus pêlos."!!!!!!!!!!!!!!!!!
O Autor. disse…
Saquuuuuuueeeeeeeeeeiiiiiiii: Pinheiro, Natal... mas continuo achando que isso não devia estar aqui... hehehehe... falei que adorei o verso da jovem?????????????!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Postagens mais visitadas deste blog