BUENO&CARDOZO

teriam que ser dois

os assassinos,


um não daria conta do horror; um,

somente, se perderia em explicações,


a única coisa que o amor não é

é álibi: um affair entre algozes

seria muito conveniente,


toda testemunha é cúmplice,


Não há faro canino que consiga

achar quem se perde em desespero,


salamandra com jaguar, fogo é pouco,

interrogar estrangeiro em língua irmã:


confissões infundadas & a liturgia careta

dos que torturam sem talento, todos,


é preciso ao menos dois, nenhum, uma

vítima que não se vitimiza é indefinível.


, dia 24/10/10 - às 23h58.

Comentários

Marcelo Pierotti disse…
Muito bom. Essa obsessão por dísticos te faz bem.

Mas... "Liturgias caretas"??? Não consegui engolir.
LRP disse…
talvez eu troque careta por falha, tá faltando vogal aberta neste texto mesmo.
Diougnes disse…
Gosto da forma como escreve, ainda que difira da minha. Inclusive, gostaria de tratar temas seus no meu blog.
Abraço.
:)

Postagens mais visitadas deste blog