ano de amar nomes com a
não necessariamente só no final
ano de amar de trás pra frente
ano de tocar o céu do puteiro
ano prodígio, vem íntegro desde março,

ano de admitir a crueldade dos ciclos
não admirá-los só porque seria ainda pior sem
ano monolítico desejo nem pra pior inimigo
ano de reentrâncias intercambiáveis, plural,

nódoa onda aonde onomatopaico o anão.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog