dividimos a madrugada
não a mesma tela

atenção aqui
atenção pra lá

é um desencontro
claro como um encontro

na multidão que se trata

aqui de um desencontro
também aí, não faz assim

mentalizo um sussurro
as mãos imóveis

já tentei demais,
a solidão deixa alguém brega

mais do que o amor, eu já disse.

2011 foi um ano de merda

Comentários

O Impenetrável disse…
me sinto revigorado ao ler poemas tão bons. grande abraço e ótimo fds.

Postagens mais visitadas deste blog